Ver a minha lista (3)
Informação de destaque
Alentejo

No Alentejo viaja-se naturalmente com e pela História.

A abundância e a qualidade do Património que a exprime tornam simples a sua descoberta, mas quem visita a região pela primeira vez pode sentir alguns problemas de escolha. Se é o seu caso, não hesite: opte pelas nossas sugestões e verá que a magia do Alentejo se encontra, com um infinito prazer, em todos os lugares.

A beleza da paisagem e a qualidade do seu património arqueológico, monumental, arquitectónico e etnográfico, a par da excelência da sua gastronomia e vinhos, conferem-lhe condições de exceção para uma descoberta que associe o turismo de natureza e o turismo cultural.

 

Para se conhecer bem o Alentejo é preciso visitá-lo em todas as estações. A paisagem muda muito ao longo do ano e são sazonais as actividades rurais mais interessantes que podem observar-se.    

Subitamente, os amarelos tomam a paisagem. É entre Junho e Julho que se faz a ceifa das searas, momento por excelência para imaginar, no pino do calor, a vida dos homens e das mulheres que, há uns anos atrás, faziam à mão e de sol a sol o que hoje é feito por ceifeiras-debulhadoras e máquinas de enfardar. Mais tarde, quando ouvir o cante alentejano vai percebê-lo melhor.

Mas não é só o amarelo da secura que se vê na paisagem: nos meses de verão pode ver o brilho dos campos de girassol e de tremocilha, a exuberância do verde das vinhas e, na envolvente das albufeiras que alimentam o regadio do Alentejo interior, as cores fortes do milho e das culturas hortícolas. No vale do Sado é um momento por excelência para ver os arrozais e, sobre eles, as pinceladas rosa e branco do voo dos flamingos.

Em qualquer altura do ano, sempre que sentir no ar o cheiro forte da madeira queimada, pare e vá espreitar os fornos tradicionais de carvão de azinho ou de oliveira. 

Se estiver no litoral, visite um porto de pesca. Aqui, como em todo o mundo, os pescadores são gente arrojada e só não saem para o mar quando não podem. Vá vê-los partir em busca de tudo o que marca a diferença da gastronomia alentejana da costa e, no regresso, assista à animação da lota.

Convento do Mosteirinho
7830-341 SERPA - Serpa

 

Horário: Sábados, Domingos e Feriados: 10-12h30 e 14h -
17h, Terças, Quartas, Quintas e Sextas-Feiras: 14 - 17 Horas
Dia de encerramento: Segundas-Feiras e feriados de 25
Dezembro e 1 Janeiro.
Entre o Mar e o Rio (4 dias, 3 noites) #3261
Programa | Odemira, Zambujeira do Mar
Entre o Mar e o Rio (4 dias, 3 noites)
Dias de praia e um passeio no rio Mira que permite apreciar a tranquilidade do Rio, bem como, toda a Fauna e Flora envolvente.
Desde €76,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Aventura a 2 de Moto 4... (2 dias, 1 noite) #3330
Programa | Grândola, Grândola
Aventura a 2 de Moto 4... (2 dias, 1 noite)
A zona de Grandôla, tem muitas paisagens para oferecer, venha usufruir das mordomias deste Turismo Rural e aventure-se num percurso de Moto 4.
Desde €58,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Alter do Chão, Terra de Arte Equestre (3 dias, 2 noites) #2252
Programa | Alter do chão, Alter do Chão
Alter do Chão, Terra de Arte Equestre (3 dias, 2 noites)
Alter do Chão é sobejamente conhecida pela sua Coudelaria, fundada em 1748 por D. João V, com vista à criação de cavalos de raça lusitana para a Picaria Real. Muito existe para conhecer em Alter do Chão, como o Castelo, cuja construção remonta ao século XIV.
Desde €118,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Cultura - Romaria a Cavalo entre Moita e Viana do Alentejo cumpre-se em Abril
Centenas de romeiros de vários pontos do país vão voltar a cumprir a tradição e participar, entre 22 e 26 de Abril, na XV Romaria a Cavalo entre a Moita e Viana do Alentejo.
Viana do Alentejo - Exposição dá a conhecer olaria da região
«Memórias do Verde Barro: Homens e técnicas da tradição oleira vianense», de Luís Miguel Banha, é o mote da exposição que está patente ao público, até 13 de Fevereiro, em Viana do Alentejo.
Beja - Festival do Cogumelo com passeios, gastronomia e cante alentejano
Passeios micológicos, tertúlias, artesanato, gastronomia e animação musical com cante alentejano são algumas das iniciativas da segunda edição do «Silarca, Festival do Cogumelo» que se realiza de 6 a 8 de Março, na aldeia de Cabeça Gorda, Beja.
Marvão - Comidas d'Azeite para saborear na vila alentejana
Entre 7 e 22 de Fevereiro a vila raiana de Marvão celebra mais uma edição das suas «Comidas d'Azeite» numa quinzena gastronómica que envolve 13 restaurantes do concelho. Um mercado de produtos locais e animação com grupos de música tradicional animam a iniciativa que vai na sua 10.ª edição.